2 de nov de 2012

WORKSHOP

 
 
WORKSHOP
A FOTOGRAFIA NO LIMITE DA FOTOGRAFIA
com Fernando Schmitt
 
 
DATAS E HORÁRIOS
Dia 23/11 das 19:00h às 22:00h
Dias 24 e 25/11 das 9:00h às 12:00h e das 14:00h às 17:00h
LOCAL
Helena Fretta Galeria de Arte
Rua Presidente Coutinho, 532, Centro, Florianópolis - SC
INVESTIMENTO
R$ 380,00 para inscrições até o dia 15/11
Após esta data R$ 420,00
PARA SE INSCREVER
Enviar e-mail com o título “Fotografia no limite” para cursos@duoarte.com contendo: Nome completo, telefone, e-mail e ocupação profissional.
SOBRE O WORKSHOP
A Fotografia no Limite da Fotografia é um workshop que visa o estudo, a pesquisa e a prática experimental da fotografia com o objetivo de explorar os seus limites atuais em diferentes frentes. A metodologia mistura atividades de aula, grupo de estudos e ateliê de projeto, onde o professor atua ora como provocador, propondo temas relevantes e repertórios pertinentes oriundos das mais diversas áreas de conhecimento, ora como orientador de pesquisa, indicando caminhos, métodos e bibliografia ou ainda comocondutor de processo criativo, acompanhando as etapas de desdobramento de uma ideia em um projeto que possa se materializar como experiência.
 
 
Programa
A Fotografia no Limite da Fotografia: uma aproximação ontológica em quatro atos concêntricos / Ato 1 – A fotografia é uma técnica / Ato 2 – A fotografia é uma linguagem / Ato 3 – A fotografia não é mais fotografia / Ato 4 – A fotografia não é mais só / Epílogo – Coleção de projetos. Os limites expandidos.
 
 
Ministrante
Fernando Schmitt é fotógrafo e professor do ensino superior. Natural de Porto Alegre, radicado em São Paulo desde o início de 2010. Graduado em jornalismo pela UFRGS em 1994 e Mestre em Comunicação pela PUCRS em 1999. Ensinou fotografia na Faculdade Panamericana de Arte e Design/SP, UNISINOS, PUCRS, UFRGS e ESPM-RS. Teve a obra “Sobre Vagalumes a Alvenarias” selecionada no III Prémio Diário Contemporâneo de Fotografia – Memórias da Imagem, Belém do Pará, 2012.Participou do VII Paraty em Foco em 2011 com a instalação Coisas Vazias e mostrou o trabalho 17 Dinheiros no IV Festival Internacional de Fotografia de Porto Alegre em 2010. Faz parte do grupo de fotógrafos gaúchos Baita Profissional, para o qual realizou a curadoria das exposições19 Individuais e Conexões possíveis, incontáveis desdobramentos e um encadeamento sem fim exibidas na Usina do Gasômetro em 2011 e no Canela Foto Workshops em 2012. Possui trabalhos nas coleções e acervos de Joaquim Paiva, Rubens Fernandes Jr., Orlando Azevedo e do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul.